Battlefield V: 5 Curiosidades sobre a 2 Guerra Mundial

5_Curiosidades_sobre_a_2_Guerra_Mundial_RAWAR_201810031

Saudações, jogadores de Battlefield V e entusiastas da Segunda Guerra Mundial!

A BGS 2018 se aproxima e aRAWAR, sem dúvidas,estará presente para bombardear vocês com novidades. Estamos munidos!

Primeiro bombardeiro: Faremos, junto a nossa parceira NVIDIA, o pré-lançamento de Battlefield V.

Segundo bombardeiro: Haverá uma guerra entre nós. A RAWAR de um lado com 32 máquinas e NVIDIA do outro com 32 máquinas. Um General a comando. Quem vencerá?

Enquanto nos preparamos para essas batalhas, trouxemos para a ARENA, o Professor de História, Sociologia, Filosofia, bacharel em Direito e produtor de conteúdo no Youtube Luiz Cézar de Paula Costa, que nos contou curiosidades sobre esse período que inspirou as novas batalhas de Battlefield V.

1 – Estamos em Guerra?

A Segunda Guerra já havia começado, no entanto, durante 8 meses, nenhum ataque aconteceu! A Alemanha iniciou a invasão em 1939, através de um ataque-relâmpago chamado de Blitzkrieg.

Foi um ataque combinado e era formado por tanques de guerra, chamados de divisões Panzer, Artilharia e Força Aérea, conhecida como Luftwaffe.

The Ramones, banda norte-americana de punk-rock, escreveu uma música chamada Blitzkrieg bop, inspirada nesse ataque.

The Ramones - Blitzkrieg bop é a trilha perfeita para jogar Battlefield V
The Ramones!

Foram invadidos os países baixos, que envolvem tanto a província de Holanda do Norte quanto a Holanda do Sul, além da Bélgica e do norte da França.

2 – Um por todos e todos pela Guerra

A 2a Guerra Mundial é chamada de guerra total porque a participação de toda a população foi convocada.

A Inglaterra foi o primeiro país que recrutou mulheres para de fato, lutar. Isto aconteceu em 1941. Em princípio, seriam convocadas apenas as solteiras, mas foi necessário recrutar também as casadas devido ao rumo que a guerra tomou. Foram liberadas apenas, as que tinham filhos menores de 14 anos.

6 milhões de mulheres se voluntariaram! Os postos variavam desde piloto de avião a Sniper.

Soldados, essa estatística é tão expressiva que se equivale ao número de mortes de Judeus, causadas também pela Alemanha.

3 – Afrika Korps

Nos desertos do norte da África, foi travada uma batalha sem ódio, como ficou conhecida.

O General Alemão Erwin Rommel, chamado de A Raposa do Deserto, é  considerado um estrategista militar bem como um cavalheiro na guerra, se é que isso é possível.

No final da Guerra, ele foi movido pela Alemanha para tentar evitar a invasão da Normandia (norte da França) que gerou o dia D. Este não foi o último dia da guerra, contudo foi um dia decisivo. Eles falharam e a Alemanha perdeu.

4 – Mulheres na Guerra:  2.000 mulheres snipers

Lyudmila Pavlichenko está na lista dos maiores snipers de todos os tempos. A história conta que foram 309 mortes confirmadas, mas há especulações de que o número ultrapasse as 500 mortes. Pavlichenko foi o primeiro cidadão soviético, homem ou mulher, a ser recebido com orgulho e respeito pelo presidente Roosevelt.

 

5 – General Patton e o exército cenográfico 

O General Patton era conhecido por suas excentricidades (doido mesmo!) e posteriormente pelo episódio de violência no qual agrediu soldados.

Ele foi o autor de uma das estratégias mais loucas já aplicadas em Guerra. Patton construiu um exército cenográfico para enganar os aviões alemães, ele literalmente simulou tanques e pessoas! Não havia confirmação do local de saída do exército, sabia-se apenas que o norte da França seria invadido.

Imagine um exército inteiro de bonecos! Criativo ou insano…ou os dois?

Guerreiros, aproveitem as curiosidades para imergirem nesse universo estratégico e tático que representa as Guerras Mundiais. Agora vocês sabem o por que desse evento histórico ter inspirado Battlefield V!

Nos vemos, no próximo diário de guerra.

Câmbio, desligo.