Devil May Cry V – O que é novidade?

DVMV

Saudações, exército! Por que Devil May Cry V tem sido tão aguardado?

O hack and slash de ação-aventura desenvolvido pela Capcom, é um dos jogos mais aguardados de 2019 até o momento. Nós, que somos fãs de boas histórias e franquias de sucesso, trouxemos para a Arena alguns motivos que justificam tanta expectativa para esse quinto capítulo. A começar pela data de lançamento de Devil May Cry 4 em 2008, que deixou uma legião de caçadores de demônios, órfã e fissurada por uma continuação.

Desde o anúncio de que DMCV seria lançado mundialmente e de forma simultânea em 08 de março de 2019, as especulações começaram a aparecer nas mídias especializadas. O jogo, que se passa cronologicamente após os acontecimentos em Devil May Cry 2, segundo Matt Walker, um dos produtores, traz novos combos e armas. A classificação etária do game foi definida para maiores de 17 anos, ou seja, podemos esperar combates brutais, linguagem inapropriada para ouvidos infantis, digamos assim  😆  e muito sangue.

Sobretudo, podemos adiantar que a jogabilidade está extremamente fluida. É notável a naturalidade dos movimentos dos personagens, principalmente do Nero, enquanto explora os diferentes cenários. E por falar em Nero e jogabilidade, você poderá jogar com Dante e com V, personagem novo e intrigante pelo discurso e aparência.

Contudo, o que mais diferencia DMCV das versões anteriores?

1 – Modo Online Co-op

No online, até três pessoas poderão, eventualmente, dividir as mesmas cenas e se ajudarem nos desafios. Não haverá um contato direto entre os jogadores, mas será possível ver a repercussão dos movimentos deles nos combates, como se fossem ecos reverberando. Essa mecânica já foi utilizada em outras séries renomadas, como Dark Souls e Heartstone.

Clique aqui para assistir fãs reagindo a essa novidade!

DMCV
Você e mais dois jogadores, juntos nos combates.

2 – Nero e o Devil Breaker

Em Devil May Cry V, Nero é surpreendido por um personagem misterioso que leva seu braço e ainda diz: “estou tomando o que é meu por direito”. Após essa aparição que deu uma pitada de suspense a trama, Nero é compensado e ganha vários braços mecânicos. Esses braços, na verdade são Devil Breakers diferentes! Desta forma, a limitação do personagem chega ao fim com as oito variações de Devil Breakers.  São elas:

1 – Ragtime: Oferece uma espécie de controle do tempo. Tudo fica mais lento.

2 – Overture: Causa sérios danos elétricos.

3 – Punck Line: Permite com que o personagem surfe no braço e ao mesmo tempo funciona como um foguete.

4 – Gerbera: Auxilia nos combates aéreos.

5 – Buster Arm: Talvez, o Devil Break com a força mais devastadora.

6 – Tomboy: Poder de arma de fogo e também da espada de Nero.

7 – Rawhide: Funciona como um chicote.

8 – Helter Skelter: Funciona como uma broca.

DMCV
Devil Breakers!

3 – Re Engine: Novo motor do jogo

A princípio, desenvolvido para o Resident Evil 7, esse motor oferece um poder absurdo de precisão nos gráficos e taxa alta de quadros. O design é flexível, o que, consequentemente, proporciona mais liberdade aos criadores. Basicamente, os cenários e personagens são fotografados e posteriormente transportados para o computador. A partir daí, são modelados e enriquecidos de detalhes. Você verá falhas na barba e até as sardas mais discretas!

4 – Micro-transações: Red Orbs

Já esperávamos que a Capcom criaria alguma maneira de lucrar, que não fosse a própria aquisição de Devil May Cry V. Agora, você pode comprar Red Orbs para desbloquear itens e melhorias nos personagens de forma rápida. O jogo já disponibiliza a Estátua da Divindade, que é uma loja aonde é possível trocar Orbs coletados durantes os combates, por itens do seu interesse.

 A pré-venda de Devil May Cry V já está disponível na Steam por R$ 129,99. Surpreendentemente, um capítulo da série terá legenda em PT BR!

É isso, ficamos por aqui!

Saudações e até o próximo diário de guerra.

Câmbio, desligo.